terça-feira, 11 de julho de 2017

Entrada da sede do Sport Clube Gaúcho. Foto: Sport Clube Gaúcho/Divulgação.

Brincadeiras sexuais e intolerâncias no futebol: o caso dos jogadores gaúchos



Esta primeira semana de julho foi marcada por uma situação no futebol, amplamente divulgada pela mídia, que assumiu proporções catastróficas para os envolvidos e que lançou à opinião pública elementos para (re)pensar a sexualidade no meio esportivo. Trata-se da curta cena de onze segundos, filmada em tomada única e logo em seguida compartilhada virtualmente, em que três jogadores do Sport Clube Gaúcho (equipe da 3ª divisão do campeonato sul-rio-grandense), da cidade de Passo Fundo, participam de uma brincadeira sexual envolvendo sexo oral e masturbação.

Nenhum comentário: